Economia

O Brasil está atrás do México e da Tailândia.

Somente depois de cinco anos, o Brasil vai recuperar o padrão de vida que tinha antes da crise.

A conta de luz irá aumentar.

A economia do Brasil hoje, como ela está?

Nesses momentos de incertezas, está havendo um ceto pânico, entre empresários e empreendedores e empresas, que adiam investimentos e o momento certo para iniciar um projeto novo.

Há duas coisas, o que é fato e o que é pânico.

A frieza dos números, indica que a economia brasileira é de estagnação.

A origem do problema da crise econômica no Brasil, são muitos, mas algumas delas merecem destaques especiais:

A total falta de investimento em infraestrutura, que levou o país a perder competitividade, tanto internamente quanto externamente.

A explicação para esse caos está na questão estratégica.

O segundo motivo foi a total falta de planejamento estratégico de longo prazo para a nossa economia.

A terceira e talvez a mais grave, é a submissão da política econômica á política partidária.

O quarto motivo, é a falta de credibilidade suficiente para conter com o apoio dos diversos setores da economia nacional.

Esse é o problema que nos deixa temorosos em relação ao futuro.

Sem medidas duras, a economia tende a se agravar, correndo inclusive o risco do país ser seduzido pela heterodoxia econômica bolivariana adotada por nossos hermanos venezuelanos e argentinos com consequências trágicas.

 

Alternativas para a retomada do crescimento:

A pergunta é: Como se preparar para a crise de 2016 e estar pronto para uma eventual retomada do crescimento.

Essa retomada da economia dependerá do governo, pois foi ele quem não fez seu papel em termo de formento do desenvolvimento do país. Não fez nem o seu dever diário, nem o seu dever de casa.

O governo falhou no planejamento estratégico, infraestrutura e política fiscal.

O ajuste fiscal é inevitável para ter uma reversão da crise. O uso de contas públicas, não dará condições para o país crescer, só jogará mais para a frente uma crise maior.

A situação econômica do país, pode ser revertida com a ajuda dos empreendedores e da colaboração do Governo.

Facebook Twitter Google+ linkedin email More